Como evitar erros na construção com 5 dicas!

Compartilhe

Construir a casa própria é a consolidação de um sonho. No entanto, esse momento tão importante pode ser uma dor de cabeça se não houverem certos cuidados. Alguns erros comuns ao construir uma casa se transformam em transtornos após a mudança. Por isso, separamos 5 dicas para evitar erros na construção! Continue a leitura e garanta que o seu lar seja confortável, aconchegante e com  qualidade: do jeito que você idealiza!

 
Tempo de leitura: 4 minutos.

Se você está prestes a construir sua casa, com certeza imagina os detalhes da planta, os acabamentos e a decoração. É natural que as expectativas e a ansiedade fiquem cada vez maiores, na medida em que os planos começam a sair do papel. Mas, para que tudo se mantenha conforme o esperado e sem surpresas desagradáveis, é essencial ter atenção ao momento de escolher os profissionais e os materiais e de tomar decisões. Neste conteúdo, compartilhamos os principais problemas que ocorrem ao construir uma casa, para que você possa evitá-los e ter somente alegrias! Vamos seguir a leitura para descobrir como evitar erros na construção?

Como evitar erros na construção da minha casa?

Viver em um lugar confortável, bonito e que atenda às necessidades da rotina da sua família é um sonho possível. Para conquistar isso sem estresses, a palavra que deve orientar cada processo das obras é atenção. Muitas vezes, por falta de conhecimento técnico e de afobação, alguns erros que poderiam ser evitados geram frustração aos moradores da casa por muito tempo. Mas você pode fugir de tudo isso!

Conheça, a seguir, os 5 erros mais comuns ao construir uma casa.

1- Falta de planejamento

O primeiro planejamento que deve ser considerado ao construir uma casa é o planejamento financeiro. Para que tudo saia bem, é essencial se planejar financeiramente e ter uma reserva para os imprevistos que podem vir a acontecer. Isso vai evitar que você precise deixar alguma etapa necessária de lado durante as obras. Então, sempre reserve uma quantia além dos gastos calculados.

Depois, é necessário contar com profissionais qualificados, como engenheiro civil e arquiteto, que auxiliarão na elaboração de um planejamento eficiente do projeto. Isso vai lhe dar uma visão abrangente sobre gastos, tempo de entrega, materiais e possíveis imprevistos. Bons profissionais contribuem para a obra, guiando o cliente para as melhores decisões.

A partir disso, você poderá planejar, junto com os profissionais, uma planta que se adeque às necessidades da sua família, sem ignorar as características do terreno, para que a ventilação e a iluminação sejam boas. O bom posicionamento de portas e de janelas fará toda a diferença para o conforto e a qualidade de vida, e isso varia de acordo com a posição do terreno e do local. 

Quando estiver com os profissionais, sempre ressalte o que é importante para você, para que encontrem soluções equilibradas e de acordo com as possibilidades do terreno. Começar uma obra sem esse apoio é uma falha grave e poderá trazer muitos transtornos, inclusive em termos de segurança.

Além disso, muitas pessoas que constroem sem profissionais capacitados para economizar e acabam sem a devida aprovação da Prefeitura, o que poderá causar mais gastos ou problemas no futuro. 

2 – Não ser claro sobre suas expectativas

Agora que ficou clara a necessidade de contratar profissionais qualificados, entramos em outra questão: o diálogo! Não adianta ter bons profissionais e não comunicar de forma clara suas necessidades e suas expectativas para o projeto do futuro lar. Afinal, se o projeto não tiver as características adequadas, será frustrante.

É fundamental fazer perguntas, pedir exemplos, olhar referências, pesquisar e alinhar todos os detalhes antes da construção da sua casa. Não tenha medo de perguntar ou de mudar de ideia antes de iniciar a construção. O momento é esse! Só dê andamento à obra quando tiver certeza do que quer, pois algumas modificações não podem ser realizadas durante a construção, e outras acabam se tornando caras. 

Converse com os profissionais sobre o que você deseja e, quando isso não for viável, solicite sugestões, para que você possa escolher algo que realmente lhe agrade. Algo que pode ajudar é visitar casas e observar como é a sua rotina. Analisando pontos que incomodam e pontos que lhe agradam na casa atual, você terá mais noção do que é realmente importante.  

Por exemplo, se você trabalha ou tem desejo de trabalhar em home office, é ideal investir em um espaço para escritório; se adora receber amigos ou familiares, uma área gourmet fará sentido; se passar mais tempo na rua do que em casa, talvez o quarto seja o cômodo que mereça mais atenção. Somente você pode saber suas necessidades e  seus desejos, então os comunique aos profissionais!

3- Comprar materiais pelo preço, não pela qualidade

Muitas vezes, por pressa ou por falta de planejamento efetivo, as pessoas acabam optando por materiais mais baratos, ignorando sua qualidade. Isso pode parecer uma economia, mas, em médio prazo, trará mais gastos. Portanto, não faz sentido!

Converse com os profissionais que assessoram você. Engenheiros e arquitetos entendem de marcas e de materiais para a obra e podem encontrar soluções com custo-benefício melhor, sem comprometer a qualidade da construção.

Além disso, atualmente, é possível ter muitos ganhos com materiais de qualidade que vão além da questão estética e da durabilidade. É óbvio que tijolos e cimento de qualidade fazem a diferença, mas você sabia que portas, janelas, pisos e porcelanatos também mudam tudo? Com esses elementos, você pode melhorar aspectos de iluminação, de ventilação, de isolamento acústico e térmico da casa. Então, essas escolhas estão conectadas com a qualidade de vida dos moradores. Sempre reflita sobre se faz sentido reduzir certos investimentos.

4- Contratar uma equipe desqualificada

Ainda pior do que materiais sem qualidade é ter uma equipe desqualificada. Isso pode ser um desastre na sua obra! O engenheiro, o arquiteto e quem mais trabalhar na obra devem ser profissionais capacitados. Então, busque referências e faça uma boa pesquisa antes de contratar.

Engenheiros e arquitetos tomam decisões que asseguram o sucesso do projeto e que criam e determinam cada uma de suas etapas. Também devem estar atentos às obras, importando-se com os resultados e com seu andamento. Então, converse sobre o formato de trabalho dos profissionais escolhidos.

Além disso, os trabalhadores que vão executar o projeto precisam ser bons em seguir o projeto e em entender os direcionamentos do engenheiro e do arquiteto. Invista em um bom mestre de obras. Isso vai evitar transtornos para você.

Outra dica é sempre visitar a obra, conversando sobre seu andamento e questionando o que está sendo realizado. Vistorias trazem mais segurança.

5- Não pensar nos acabamentos e nos detalhes

Sabe o que é comum? A casa ficar ótima em termos construtivos, mas apresentar uma série de detalhes que atrapalham a fluidez da rotina dos moradores. Não ter o número necessário de tomadas em um cômodo e precisar usar extensão são exemplos que geram estresse.

O número de tomadas, o tipo de iluminação de cada ambiente e os detalhes dos acabamentos são itens que devem ser pensados na execução do projeto. Só assim seu lar será confortável e funcional.

Então, algumas questões que merecem sua atenção são impermeabilizantes nas estruturas, para reduzir a umidade; instalações hidráulicas e elétricas de qualidade, para evitar gastos maiores e riscos de sobrecarga; projeto luminotécnico que garanta iluminação confortável e assertiva para cada cômodo; posição das tomadas.

A escolha dos acabamentos é muito ampla e passa por diversas etapas, dependendo do momento da obra. Por isso, é essencial pesquisar, estudar e contar com auxílio de um arquiteto nas decisões. Não tem como evitar erros na construção sem pensar nos detalhes do processo.

Damha: o lugar perfeito para construir sua casa está aqui!

Aqui na Damha Urbanizadora, você encontra condomínios e loteamentos com infraestrutura completa, com espaços de lazer exclusivos e localizações estratégicas. O lugar perfeito para construir seu lar com conforto, qualidade e segurança está aqui! 

Estamos presentes em diversas regiões do Brasil, garantindo o sonho de viver bem para milhares de famílias. Separamos dois empreendimentos incríveis que, com certeza, vão encantar você.

  • Damha Brasília II: espaço que privilegia o lazer e o bem-estar, com infraestrutura completa com piscinas, quadra de tênis, quadra de vôlei de areia, quadra poliesportiva, minicampo de futebol, academia equipada, salão social, playground e muito mais! O condomínio, localizado em Brasília (DF), ainda conta com um sistema de segurança de alta tecnologia, com espaços verdes e com tudo o que é necessário para morar com qualidade. Conheça o empreendimento, que está pronto para sua casa ser construída, e se apaixone!


Damha Brasília II, lazer e natureza na medida perfeita.

  • Village Damha Feira de Santana II: o condomínio foi projetado para proporcionar o bem-estar de seus moradores. Localizado em uma área privilegiada de Feira de Santana (BA), tem um moderno sistema de segurança, infraestrutura completa, áreas verdes agradáveis e diversos espaços de lazer. Não vão faltar momentos felizes com sua família neste empreendimento, com quadra de tênis, quadra de vôlei de areia, piscina, academia equipada, minicampo de futebol, playground, salão social e muito mais!
Village Damha Feira de Santana II, ideal para aproveitar os pequenos prazeres da vida!

Conheça, também, outros empreendimentos Damha incríveis e que estão mais perto de você!

Agora que você já aprendeu como evitar erros na construção da sua casa, confira outros conteúdos bacanas de nosso blog.

Até a próxima!






Outros Posts

empreendimento Damha
Condomínios Damha

Onde encontrar um empreendimento Damha? 

Presente em mais de 50 localizações, 19 cidades e 8 estados, a Damha Urbanizadora é uma marca consolidada no mercado imobiliário brasileira e reconhecida por

Inovação na Construção Civil Damha Urbanizadora
Condomínios Damha

Inovação na construção civil

A inovação na construção civil vem sendo um dos principais assuntos debatidos entre construtoras, empresas de tecnologia e agências de marketing do setor, pois será um fator de sucesso definitivo no futuro.